2007-03-09

a poesia é o silêncio

de repente o mundo muda
os poetas amesquinhados
com o comércio e a usura
caem dentro do gelo fundo
cortam a língua os dedos
e não mais vêm à cidade.

a poesia não é narcisismo
assim: folia que não procria.

4 comentários:

duke disse...

É essa, se calhar, a superioridade dos poetas... Abraços...

Anónimo disse...

a poesia o que é então?


:))))

ou seja....

aqui é.


do resto já nem sei.



_______________beijo. Poeta!


Ysa.

porfirio disse...

olá amigo

:o silêncio
é quem grita
mais alto:

abraço

conde disse...

Continuaremos a ouvir-vos, Vates...