2006-11-26

2006, Novembro: Cesariny em Elsinore

[de ardemares.blogspot.com]

NAVIO DE ESPELHOS

O navio de espelhos
não navega, cavalga

Seu mar é a floresta
que lhe serve de nível

Ao crepúsculo espelha
sol e lua nos flancos

Por isso o tempo gosta
de deitar-se com ele

Os armadores não amam
A sua rota clara

(Vista do movimento
dir-se-ia que pára)

Quando chega à cidade
nenhum cais o abriga

O seu porão traz nada
nada leva à partida

Vozes e ar pesado
é tudo o que transporta

E no mastro espelha
douma espécie de porta

Seus dez mil capitães
têm o mesmo rosto

A mesma cinta escura
o mesmo grau e posto

Quando um se revolta
há dez mil insurrectos

(Como os olhos da mosca
reflectem os objectos)

E quando um deles ala
o corpo sobre os mastros
e escruta o mar do fundo

Toda a nave cavalga
(como no espaço os astros)

Do princípio do mundo
até ao fim do mundo.

Mário Cesariny (1923-2006), A Cidade Queimada.

10 comentários:

Anónimo disse...

ola tains um orivel blog

Anónimo disse...

EXATAmente.
FEXA O BLOGYO

Anónimo disse...

ola martim eu tambem so martim

marakoka disse...

belo..

do principio ao fim........... do mundo

jocas maradas

marakoka disse...

apesar da tristeza de hoje....
um artista não morre ..nunca...

Daniela Mann disse...

….(`“•.¸(`“•.¸ ¸.•“´) ¸.•“´)
….(¸.•“´(¸.•“´ `“•.¸)`“ •.¸)
......d88888bd888b.
.....d8888888888888B.
.....888888P`Y8888P.
.....Y888888.....( , \_.
....,_Y88(.................)....*Passo para te ler...
....Y888888b.......__\..
.....“8“888P........(_.... para saber como estás...
.............|.....----“..
...........~;~~\~..... * Para te deixar um beijo
............=......\....
..........(_._).....\.....
...........|=|........\...
....._.../|..|..........\....
..../_\/..|..|..........|.
...,.-“---/_/--------“---.....
...`-.,_________,.--“..
..........|......|.|........
..........|___|.|...
..........|___|.|............ e desejo bom Domingo!!!!

Anónimo disse...

Vão partindo as nossas referências, felizmente ficam as suas obras.

konde disse...

As grandes figuras não morrem...

Mendes Ferreira disse...

cheguei....do frio....e das muitas palavras.



Lá....contei os amigos.


os de todos os dias...mais pobres.


e sem quererem ser "eleitos".


____________ele era.



beijo.


e vou.me.

martim disse...

missão díficil e húmida, impossível tb., isabel. o mundo nosso vai perdendo os pilares. bjos, de agradecimento e de tudo.