2006-09-05

história quase universal (tábua III)



tábua III - EQUILÍBRIO


a rocha erguia-se
por via da seiva
que animava a árvore


como no poema védico
será quimera
pensar-se o céu
suspenso em forte tronco?








Francisco J. Maringelli, "Testemunho do Pintor
com seiva de madeira nutrido".

2 comentários:

konde disse...

O quimérico comanda os melhores actos... Abraço...

Francisco José Maringelli disse...

olá! obrigado pela inclusão da minha imagem em seu blog, e também pelo poema que a ilustra. visite meu blog: maringelli.blogspot.com. saudações!
Francisco Maringelli