2006-04-25

poemas em abril (IV): "Caos: 5"

Tomaz Kim é um poeta central. Em Abril ou em qualquer mês:


Um desejo nos retalha
em finas gotas de revolta...


O nosso cérebro foi narcotizado
e embalado pelo triste sono
dos que nunca despertam...


Estaremos mortos!
Os nossos esqueletos choram...

2 comentários:

Francisca Manson disse...

Lindo poema! Boa-noite!

Mendes Ferreira disse...

quase do outro mundo. .....muito especial.


beijo.