2007-09-23

Baptista-Bastos pronuncia-se sobre o tributo a Aquilino Ribeiro

Instado pela revista NS' a pronunciar-se sobre o tributo há pouco dispensado a Aquilino Ribeiro, Baptista-Bastos, na condição de conhecido do autor, sem negar a justiça da homenagem, emitiu a opinião subsequente sobre qual seria a posição do Mestre da Nave a respeito do acontecimemto:

"- Ficaria certamente incomodado, porque a esmagadora maioria das pessoas que lá estava não o leu. E o povo estava todo na rua. Vi pessoas com livros dele na mão a quererem prestar homenagem ao mestre, mas não as deixaram entrar. É inacreditável."

Assim vai esta democracia e deste modo se perturba o sono dos génios, afastando-os dos lugares de inscrição. A miulhaça, voraz, consome os espíritos, controlando, controlando sempre...

3 comentários:

duke disse...

Infelizmente...

Ai meu Deus disse...

bem... mas havia pelo menos uma pessoa que de certeza o leu todo: um tal Cavaco Silva, um conhecido leitor (até de jornais).

morffina disse...

Não sei porque é que me estou constantemente a lembrar do filme do Forrest Gump?