2016-06-17

Pensamento assistido por Alberto Manguel (III)


"A arte avança por meio de derrotas, e a ciência aprende maioritariamente com os erros. As nossas ambições são definidas tanto pelo que não alcançamos como pelo que alcançamos, e a Torre de Babel continua inacabada, mais como um monumento à nossa exultante audácia do que como um memorial aos nossos falhanços." (Alberto Manguel, Uma história da curiosidade, Lisboa, Tinta-da-China, MMXV, p. 58.)

2 comentários:

as-nunes disse...


Partilhei http://aveazul.blogspot.pt/search/label/Aquilino%20Ribeiro%20%2F%20CEAR

em https://www.facebook.com/groups/aquilinoribeiro/permalink/980715375369254/

Abço

martim de gouveia e sousa disse...

Abr, camarada...