2008-09-24

nascimento

é um abismo este uivo na pele.

esta descida ao centro de mim
rói como reversa ferida dentro
sangrando pelo avesso assim…

e depois nasce uma breve palavra
que sendo me leva na vertigem
até ti desconhecida figura amada.

2 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

silencio-me perante o regresso desejado.




abismo rente ao infinito. do avesso tão direito da alma.



beijo.

Duque disse...

Bom regresso às palavras!